23º Goiânia Noise Festival

Noise é barulho. É grito, transgressão, distorção, sangue nos olhos, tapa na cara, mosca na sopa, ruptura, libertação! Noise é rock!

Mais sobre o Noise
Jaó Music Hall

As Atrações

RAIMUNDOS-(DF)
Palco 1 - 20/08

Raimundos (DF)

Eles são um dos nomes mais importantes do rock brasileiro e um exemplo de como cair, levantar e seguir em frente. Ao longo de 20 anos de estrada, o Raimundos soube superar problemas, obstáculos, desconfianças e manter a mesma energia de quando começou. Uma história de resistência, persistência, resiliência... e se alguém achava que o fim deles estava próximo, se enganou. Essas são os Raimundos! E nanana é o diabo, eu quero é rock!

PATO-FU-(MG)
Palco 1 - 19/08

Pato Fu (MG)

Exatos dez anos depois de seu primeiro e único show no Goiânia Noise, os mineiros do Pato Fu estão de volta ao festival para celebrar seus 25 anos de história. Um dos grupos mais importantes do rock brasileiro dos anos 90, o Pato Fu ganhou recentemente uma coletânea tributo na qual ficam evidentes a importância e a força do grupo até hoje. O Pato Fu segue fazendo barulho, indie, guitar, eletrônico, moderno.

CAMISA-DE-VÊNUS-TOCA-RAUL-(BA)
Palco 1 - 18/08

Camisa de Vênus toca Raul (BA)

Uma das bandas mais influentes do rock brasileiro dos anos 80. Responsável por hits e bordões (“bota pra fudê”) que ecoaram por todo o País. De volta aos palcos, o Camisa traz em sua formação o mestre Marcelo Nova (vocais) e o baixista Robério Santana ao lado de Drake Nova (filho de Marcelo e guitarrista), Leandro Dalle (guitarra) e Celio Glouster (bateria). E neste show prestam uma homenagem ao maluco beleza Raul Seixas, ex-parceiro de Marceleza.

ODAIR-JOSÉ-(GO)
Palco 2 - 19/08

Odair José (GO)

Incompreendido, censurado, amado, odiado, descolado, brega, cult. Um dos maiores ícones da música popular brasileira. Para uns, o terror das empregadas. Para muitos, um gênio muitas vezes não compreendido. O goiano Odair José sobe ao palco do Noise com o espírito roqueiro de toda a sua trajetória e reforçado por seus dois últimos discos, inspirados em seus verdadeiros heróis: Neil Youg, Rolling Stones, Beatles, AC/DC e Bob Dylan.

PROJECT46-(SP)
Palco 2 - 18/12

Project46 (SP)

O grupo surgiu a partir de uma banda tributo ao Slipknot, mas já se consolidou como um dos maiores nomes do metal brasileiro na atualidade. Nascida das ruas caóticas de São Paulo, o Project46 vem destruindo a cena metal na América do Sul. Com mais de 160 shows realizados no ano passado, a banda acaba de gravar um novo álbum em Los Angeles, com a produção de Adair Daufembach.

RELESPÚBLICA-(PR)-+-EDGARD-SCANDURRA-(IRA!)
Palco 2 - 20/08

Relespública (PR) + Edgard Scandurra (SP)

O encontro dos maiores nomes do mod nacional. O guitarrista Edgard Scandurra e a Relespública se unem para um show que passará pelo repertório do Ira!, da banda paranaense, dos trabalhos solos de Scandurra e ainda pelos mestres do mod, como The Who, The Jam e outros mestres.

CÓLERA-(SP)
Palco 1 - 19/08

Cólera (SP)

Banda punk formada em 1979, o Cólera perdeu seu vocalista em 2011. Três anos depois da morte de Rédson, o grupo se se reformulou e seguiu em frente com um objetivo: não deixar que o grito de seu líder e principal compositor tivesse sido "em vão". “Nós entendemos que é necessário continuar a levar adiante o grito de liberdade, paz, auto conhecimento e a conscientização”, dizem eles.

ROLLIN’-CHAMAS-(GO)
Palco 2 - 18/12

Rollin' Chamas (GO)

Um grupo assustador, intrigante, instigante, debochado, desaforadamente irreverente e (dizem eles) sério. Churrascos, videogame, truco, cerveja, sofá, perucas e muito rock and roll em belas músicas que se tornaram clássicos do cancioneiro rock de Goiânia. Sou goiano e foda-se!

NENÊ-ALTRO-(SP)
Palco 2 - 19/08

Nenê Altro (SP)

Líder do Dance of Days e pai do movimento straight edge no Brasil, Nenê Altro apresenta seu trabalho solo, fugindo do hardcore e se aproximando do rock nacional oitentista, do pós punk e de bandas como The Smiths, The Jam, Joy Divison, Stiff Little Fingers, Pretenders, The Clash e outras pérolas do período.

SHEENA-YE-(GO)
Palco 1 - 20/08

Sheena Ye (GO)

Mais uma banda que acredita no velho rock’n roll pesado como sua crença. Foi formada em 2013 e apresenta um som pesado, reto, sujo e com letras sempre em português e com refrões que incentivam o público a cantar junto. Lançaram mês passado seu primeiro disco e caíram na estrada para uma turnê por 12 cidades de cinco estados diferentes.

MONSTROS-DO-ULA-ULA-(RJ)
Palco 1 - 19/08

Monstros do Ula Ula (RJ)

Formado por ex-integrantes de bandas como Planet Hemp, Matanza, Autoramas, Black Future, Coquetel Molotov e X-Rated, entre outras, o Monstros do Ula Ula existe desde 2003, mas passou algum tempo hibernando. Reanimados, lançaram o álbum A Balada do TikiSiriPolvo, recheado de surf punk garagem.

SEÑORES-(GO)
Palco 2 - 19/08

Señores (GO)

Punk rock clássico! Banda existente desde 1999, quando fez o seu primeiro show. Com a formação original até hoje, mantendo um som fiel ao estilo que sempre adotou. Já lançaram dois discos e seguem na estrada, fazendo shows em todo o País.

TATI-BASSI-(SP)
Palco 2 - 19/08

Tati Bassi (SP)

Ex-vocalista da banda As Radioativas, Tati Bassi apresenta sua carreira solo, com músicas repletas de swing, soul, blues e afins. Chega ao Noise para lançar seu primeiro disco, com produção de Rafael Rosa e Gabriel Guedes (da Pata de Elefante) e músicas dançantes e envolventes.

JUKEBOX-FROM-HELL-(GO)
Palco 1 - 18/08

Jukebox From Hell (GO)

A banda surgiu de um projeto do baixista Pê Riobeiro, que já integrou bandas como Jukes, Leprosy, HC137, Casa Bizantina, The Not Yet Famous Blues Band, Tahra, Mechanics, ShooterDog Band e Shakemakers, entre outras. Ao lado do vocalista Carlinhos (P.O. Box) e de Yan Ferreira (Vish Maria), Rodrigo Beckman e Tiago Jacobson, lançaram este ano o álbum Destemperado (Monstro Discos). Um disco de puro rock and roll, old school, potente, desregrado, altamente temperado e com fortes referências ao hard rock dos anos 70 e 80 e com pitadas de jazz rock e pop.

MECHANICS-(GO)
Palco 2 - 19/08

Mechanics (GO)

Não existe Goiânia Noise sem show do Mechanics. O grupo tocou em absolutamente todas as edições! Liderados por Marcio Júnior, os malditos Mechanics existem desde 1994 e colecionam um legado de álbuns conceituais e explosivos. A história do Mechanics é completamente ligada ao maior evento independente do País.

UGANGA-(MG)
Palco 1 - 18/08

Uganga (MG)

Vinte anos de estrada, quatro álbuns de estúdio, um álbum ao vivo e duas turnês européias. Esses números seriam suficientes para creditarmos ao Uganga o título de uma das bandas de thrashcore mais importantes do país. Mas não são por causa de números ou adjetivos que o Uganga está na estrada. A única coisa que importa para esses mineiros é a música.

RESSONÂNCIA-MÓRFICA-(GO)
Estúdio Noise - 18/08

Ressonância Mórfica (GO)

Jaó Music Hall

Garanta já seu ingresso

clique aqui para se informar
23º Goiânia Noise Festival

Últimas novidades

mais notícias

“Goiânia Noise Festival é hoje o principal festival independente do país”

Revista Rolling Stone

“... o Goiânia Noise reescreve a geografia do rock brasileiro””

Revista Bravo!

“Goiânia tornou-se, efetivamente, um dos principais centros do rock brasileiro na atualidade”

Revista Veja

Em Goiás, esta o maior festival de música independente do Brasil

Juca Ferreira